Bunge formaliza política interna de biodiversidade e uso da terra

Com a nova política, a empresa atende à demanda de formalizar diretrizes específicas sobre estes temas, identificada junto aos diversos públicos com os quais ela se relaciona, tais como clientes, fornecedores, funcionários, ONGs, governo e instituições financeiras.
 

São Paulo, 16 de junho de 2012 - A Bunge, empresa de alimentos e agronegócio, integrada do campo à mesa do consumidor, definiu por formalizar sua linha de atuação frente às necessidades de produção sustentável, respeito aos recursos naturais e aos serviços ambientais, a exemplo da biodiversidade.
 

A empresa já possui Política de Meio Ambiente e Política de Sustentabilidade definidas e aplicadas aos seus negócios, mas a formalização referente à biodiversidade e uso do solo vinha sendo demandada em fóruns realizados com os principais públicos de relacionamento da Bunge, denominados mundialmente como stakeholders.
 

"O conteúdo, elaborado após avaliação das operações da empresa nas Américas, Europa e Ásia, foi intensamente discutido com as áreas de negócio e é fruto de consultas, análises e reflexão estratégica. A política elaborada passou por validação dos stakeholders, que apontaram os temas como relevantes, aplicáveis e com potencial de geração de diferenciais para os negócios", afirma Michel Santos, gerente de Assuntos Corporativos e Sustentabilidade da Bunge Brasil.
 

Essa iniciativa, pioneira no setor, tem por objetivo promover maior governança na gestão da empresa, orientando as decisões das áreas de negócios da Bunge e as ações de seus fornecedores. Assim, a partir de então, o relacionamento da Bunge na promoção da Agricultura Sustentável passa a ser regido pelas seguintes diretrizes:
 

· Melhorar Avaliações e Aplicabilidades

Ciente de sua responsabilidade devido às atividades de originação e seus impactos sobre a biodiversidade e uso da terra, a Bunge atua na promoção do uso eficiente de recursos naturais, a fim de poder fornecer produtos em quantidade e qualidade que atendam às necessidades globais de alimentação.
 

· Garantir Produtos Adequados Aos Mercados

A empresa tem foco nos padrões aceitáveis de uso florestal que garantam a disponibilidade de terra para agricultura, em respeito às legislações locais e às referências assumidas pela corporação.
 

· Assegurar prontidão estratégica para adoção de padrões

A empresa estará pronta a aderir a padrões de certificação de mercado, sob demanda e reconhecimento de seus clientes.
 

· Promoção de Melhores Práticas

A Bunge acredita que a identificação e comunicação das melhores práticas entre seus fornecedores, incluindo a recuperação de áreas degradadas, é a chave para promover a sustentabilidade no campo.
 

· Soluções Abrangentes e Comunidades Locais

A Bunge encoraja a execução de serviços ambientais que conduzam à melhoria socioambiental das comunidades onde opera. A empresa reconhece o direito de pequenos proprietários e de indígenas a condições adequadas de vida e interações com os negócios, promovendo responsabilidade social em acordo com as melhores práticas aprovadas pelos órgãos oficiais.
 

Biotecnologia e Biocombustíveis
A Bunge irá promover a pesquisa e adoção de tecnologias que encorajam práticas agrícolas sustentáveis. A empresa considera que a biotecnologia, quando apropriadamente aplicada, pode ser uma ferramenta para melhorar a produção e diminuir o uso de recursos naturais escassos, tais como água, terra arável e nutrientes. A empresa promove o desenvolvimento da indústria global de biocombustíveis baseada nos princípios do consumo e produção sustentável, equilibrando as demandas por alimentos, fibras e combustíveis.
 

Item a item, os tópicos da nova política foram avaliados pelos representantes de clientes, fornecedores, funcionários, ONGs, governo e instituições financeiras, sob os critérios de relevância, aplicabilidade e diferenciação, e foram considerados, em sua maioria, de grande importância para a atuação da empresa e para o desenvolvimento sustentável do setor.
 

Para a Bunge, a sustentabilidade é um guia para direcionar melhorias contínuas, tanto interna quanto externamente. "Neste momento, em linha com a maturidade atingida pela corporação e dentro de uma política de transparência na gestão, a empresa entende que o tema referente ao Uso da Terra e Biodiversidade necessitava de uma atenção especial", completa Michel.
 

Mais informações sobre a sustentabilidade da Bunge estão disponíveis no site www.bunge.com.br/sustentabilidade .

 




DataNotícia
02/12/2019 BP e Bunge concluem a formação da joint venture BP Bunge Bioenergia no Brasil
27/11/2019 Verão de Soya tem novas maioneses e brinde exclusivo da marca
21/10/2019 Gradina tem participação especial no Mesa São Paulo 2019 e Chefs da Academia Bunge apresentam tendências da confeitaria e panificação
16/10/2019 Soya lança sua nova linha de maioneses e apresenta novo posicionamento
27/09/2019 Salada, a 1ª marca de óleo vegetal do Brasil, comemora 90 anos com novas embalagens
Veja mais notícias...