Bunge Brasil reduz em 8% as emissões de gases de efeito estufa por tonelada produzida

São Paulo, maio de 2013 – A Bunge Brasil alcançou uma redução de 8% das emissões de GEE (Gases de Efeito Estufa) por tonelada produzida, graças à utilização de biomassa renovável para suprir suas necessidades energéticas - ao invés de combustíveis fósseis como o óleo combustível, por exemplo - e ao aumento de produção sem alteração na demanda por energia. Esse número refere-se à produção de 2012, comparada com o ano anterior, das quatro áreas de negócio da Bunge Brasil: Alimentos & Ingredientes, Fertilizantes, Agronegócio & Logística e Açúcar & Bioenergia.

Segundo a plataforma global de sustentabilidade da Bunge, um dos principais desafios da empresa no Brasil é a produção, em todas as suas áreas de negócio, com baixo nível de emissões. “Essa redução de 8% por tonelada produzida, dado que acabamos de computar e que será divulgado na edição deste ano do nosso Relatório de Sustentabilidade, confirma que estamos no caminho certo na busca pela redução contínua das emissões em nossas atividades”, comemora Michel Santos, gerente de sustentabilidade da Bunge Brasil.

O índice alcançado pela Bunge em 2012 evitou a emissão de aproximadamente 30 mil toneladas de CO2 na atmosfera. Além disso, por ter uma matriz energética baseada em 93% de fontes renováveis, a maior parte dos gases emitidos pela empresa refere-se a carbono neutro, que é consumido no ciclo natural das plantas.

“Para se ter uma ideia, caso a Bunge não contasse com uma matriz energética renovável, a quantidade de carbono emitida, considerando combustíveis fósseis e a produção da empresa, aumentaria em mais de 600 mil toneladas de CO2”, afirma Michel. Outras iniciativas sobre a atuação sustentável da Bunge no Brasil estão disponíveis no www.bunge.com.br/sustentabilidade ." 

Sobre a Bunge

Presente no Brasil desde 1905, a Bunge é uma das principais empresas de agronegócio e alimentos do Brasil e uma das maiores exportadoras. Atua de forma integrada, do campo à mesa do consumidor. Desde a comercialização de fertilizantes, compra e processamento de grãos (soja, trigo e milho), produção de alimentos (óleos, margarinas, maioneses, azeite, arroz, farinhas, molhos e atomatados), serviços portuários até a produção de açúcar e bioenergia. Hoje, conta com mais de 20 mil colaboradores, atuando em mais de 100 instalações, entre fábricas, usinas, moinhos, portos, centros de distribuição e silos, em 19 estados e no Distrito Federal. Marcas como Salada, Soya, Delícia, Primor, Cardeal, Etti, Salsaretti e Bunge Pro estão profundamente ligadas não apenas à história econômica brasileira, mas também aos costumes, à pesquisa científica, ao pioneirismo tecnológico e à formação de gerações de profissionais.

Informações e imagens para a imprensa:

Atendimento:

Cíntia Beduti

cintia.beduti@inpresspni.com.br

(11) 3323 1519

Mariana Rayol

mariana.rayol@inpresspni.com.br 
(11) 3323 1519

Coordenação:
Célia Nogueira

celia.nogueira@inpresspni.com.br
(11) 3323 1601

Direção:
Silvia Szarf
silvia.szarf@inpresspni.com.br
(11) 3323 1535

 




DataNotícia
02/12/2019 BP e Bunge concluem a formação da joint venture BP Bunge Bioenergia no Brasil
27/11/2019 Verão de Soya tem novas maioneses e brinde exclusivo da marca
21/10/2019 Gradina tem participação especial no Mesa São Paulo 2019 e Chefs da Academia Bunge apresentam tendências da confeitaria e panificação
16/10/2019 Soya lança sua nova linha de maioneses e apresenta novo posicionamento
27/09/2019 Salada, a 1ª marca de óleo vegetal do Brasil, comemora 90 anos com novas embalagens
Veja mais notícias...