Pedro Parente, da Bunge Brasil, participa do 1º Congresso da Indústria do Tocantins

São Paulo, 2 de outubro de 2013 – O presidente e CEO da Bunge Brasil, Pedro Parente, participa do painel sobre Sustentabilidade durante o 1º Congresso da Indústria Tocantinense, que será realizado até o dia 4 de outubro, no Espaço Cultural, em Palmas. Organizado pela Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO) e pelo Sebrae-TO, o Congresso abordará os principais temas que envolvem o setor industrial, considerando o cenário de crescimento e desenvolvimento do Estado.

No painel sobre sustentabilidade, as discussões devem tratar dos desafios e do potencial do agronegócio, além da oferta e produção de alimentos e energia. A infraestrutura e as políticas públicas necessárias para a promoção do desenvolvimento sustentável da indústria são temas que também podem ser abordados.  Na ocasião, Pedro Parente apresentará a experiência e os destaques da atuação da Bunge em Pedro Afonso, cidade onde, em julho de 2011, a empresa instalou sua primeira usina greenfield (construída do zero) para produção de etanol e bioenergia.

Na época, foram investidos R$600 milhões. Atualmente, a usina Pedro Afonso emprega mais de 1.300 funcionários e, desde o mês passado, além de etanol, passou a produzir e comercializar também energia elétrica. O processo, conhecido no setor como cogeração, consiste na queima do bagaço da cana-de-açúcar, que gera vapor e este, por sua vez, gera energia. O bagaço é um resíduo da produção, por isso, a energia gerada é considerada
100% limpa.

“Com o início da geração de energia elétrica, entramos em uma nova fase na usina Pedro Afonso. A cogeração é uma alternativa de negócio sustentável e eficiente, e já é realidade em outras cinco usinas da Bunge no Brasil. Aqui no Tocantins, além de sermos autossuficientes, produzindo nossa própria energia, ainda teremos capacidade para fornecer até 230 mil MWh por ano ao sistema  elétrico  nacional”, comemora Parente. Para viabilizar a cogeração de energia na usina foram investidos cerca de R$70 milhões nos últimos dois anos.

Sobre a Bunge

Presente no Brasil desde 1905, a Bunge é uma das principais empresas de agronegócio e alimentos do Brasil e uma das maiores exportadoras. Atua de forma integrada, do campo à mesa do consumidor. Desde a compra e processamento de grãos (soja, trigo e milho), produção de alimentos (óleos, margarinas, maioneses, azeite, arroz, farinhas, molhos e atomatados), serviços portuários até a produção de açúcar e bioenergia. Hoje, conta com cerca de 20 mil colaboradores, atuando em mais de 100 instalações, entre fábricas, usinas, moinhos, portos, centros de distribuição e silos, em 19 estados e no Distrito Federal. Marcas como Salada, Soya, Delícia, All Day, Primor, Cardeal, Salsaretti e Bunge Pro estão profundamente ligadas não apenas à história econômica brasileira, mas também aos costumes, à pesquisa científica, ao pioneirismo tecnológico e à formação de gerações de profissionais.

 




DataNotícia
14/04/2020 Bunge lança aplicativo para caminhoneiros agendarem fretes de grãos
06/04/2020 Bunge anuncia US$ 2.5 milhões em doações para combate à COVID-19
25/03/2020 COVID-19: Compromissos da Bunge
14/01/2020 Bunge recebe a segunda edição do Selo Agro Mais Integridade
20/12/2019 A Bunge assina acordo para vender seus ativos de margarina e maionese no Brasil
Veja mais notícias...