Bunge Brasil é reconhecida como a empresa mais sustentável do agronegócio em 2014

Além de ser o destaque setorial no Guia Exame de Sustentabilidade, a empresa também recebeu premiação pelo trabalho realizado junto à comunidade da região de Pedro Afonso/TO, onde possui uma usina de cana-de-açúcar.

São Paulo, 6 de novembro de 2014 – Na noite da última quarta-feira (5/11/2014), em São Paulo, a Bunge Brasil foi reconhecida mais uma vez como a empresa mais sustentável do agronegócio. Pelo sexto ano consecutivo, a companhia recebeu o prêmio de destaque no Guia Exame de Sustentabilidade 2014, publicação da editora Abril, elaborada a partir de pesquisa do Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (GVces), instituição que é referência no tema no país.

Este ano, a empresa recebeu dois prêmios. O primeiro, de “Empresa mais sustentável do agronegócio”, destacou a iniciativa da empresa ao inaugurar, em abril deste ano, uma nova rota de exportação de grãos pelo Norte do Brasil, com o início das operações do complexo portuário Miritituba – Barcarena, no Pará. Trata-se de uma alternativa logística aos portos do Sul e Sudeste do país, que além de diminuir em 20% a distância entre a área produtora dos grãos brasileiros até a Europa, também reduz 20% das emissões de gases de efeito estufa, privilegiando o transporte hidroviário e eliminando milhares de viagens de caminhões.

Para viabilizar os ganhos logísticos e ambientais do empreendimento, a Bunge firmou parceria com a ONG The Nature Conservancy (TNC), com foco nos produtores rurais instalados na região. Eles recebem orientações para adequação ao Novo Código Florestal, diretrizes sobre como implantar ações ambientais e ainda realizar atualização no Cadastro Ambiental Rural (CAR). O projeto de parceria, que tem duração de cinco anos e já está em seu segundo ano de operação, identifica as zonas críticas para proteção e as aptas à expansão agrícola, com mitigação de impactos indesejáveis. Desta forma, os municípios da região passam a ter informações e metodologia adequadas para gerar maior governança territorial, mantendo as áreas de preservação ambiental.

O segundo prêmio, de destaque em “Relações com a Comunidade”, reconheceu os resultados do trabalho realizado pela Fundação Bunge nos municípios de Pedro Afonso, Tupirama e Bom Jesus do Tocantins, todos localizados no estado do Tocantins. Iniciada em 2011, a iniciativa foi concebida com o objetivo de ampliar as potencialidades socioeconômicas e minimizar as fragilidades sociais da região do empreendimento da empresa (usina de etanol).

São ações de fortalecimento da gestão pública e apoio ao desenvolvimento humano e social, que já apresentam resultados positivos, como o aumento de 30 para 230 vagas em cursos técnico-profissionalizantes, a organização do uso e ocupação do solo por meio de Planos Diretores Urbanos e, também, a organização do Consórcio Intermunicipal para gestão de resíduos sólidos.

A consistência do trabalho da empresa na área de sustentabilidade vem sendo progressivamente reconhecida pelo mercado. Os resultados e números relacionados à sustentabilidade da Bunge sempre estiveram acima da média das outras empresas premiadas pela publicação, com destaque para alguns dos critérios analisados, tais como responsabilidade e compromisso com o desenvolvimento sustentável.

“A sustentabilidade é um valor para a Bunge, orienta nossa estratégia e faz parte do dia-a-dia dos nossos negócios, em todas as operações da empresa, no Brasil e no mundo. Sermos reconhecidos pelo sexto ano consecutivo como uma das empresas mais sustentáveis do País nos dá a certeza de que estamos no caminho certo, mas também nos alerta para uma responsabilidade cada vez maior”, afirma Raul Padilla, CEO da Bunge Brasil.

Para mais informações sobre a atuação sustentável e as boas práticas adotadas pela empresa acesse: www.bunge.com.br/sustentabilidade

Sobre a Bunge

Presente no Brasil desde 1905, a Bunge é uma das principais empresas de agronegócio e alimentos do Brasil e uma das maiores exportadoras. Atua de forma integrada, do campo à mesa do consumidor. Desde a compra e processamento de grãos (soja, trigo e milho), produção de alimentos (óleos, margarinas, maioneses, azeite, arroz, farinhas de trigo, molhos e atomatados), serviços portuários até a produção de açúcar e bioenergia. Eleita empresa mais sustentável do agronegócio pelo Guia Exame de Sustentabilidade, a Bunge conta com cerca de 20 mil colaboradores, atuando em mais de 100 instalações, entre fábricas, usinas, moinhos, portos, centros de distribuição e silos, em 17 estados e no Distrito Federal. Marcas como Delícia, Salada, Soya, Salsaretti, Primor, Cardeal, All Day e Bunge Pro estão profundamente ligadas não apenas à história econômica brasileira, mas também aos costumes, à pesquisa científica, ao pioneirismo tecnológico e à formação de gerações de profissionais.

Informações e imagens para a imprensa:
Atendimento:

Aline Brandi

aline.brandi@inpresspni.com.br

(11) 3323 1519

Priscilla Martinelli

priscilla.martinelli@inpresspni.com.br 
(11) 3323 1548

Coordenação:
Célia Nogueira

celia.nogueira@inpresspni.com.br 
(11) 3323 1601

Direção:
Silvia Szarf

silvia.szarf@inpresspni.com.br
(11) 3323 1535




DataNotícia
02/12/2019 BP e Bunge concluem a formação da joint venture BP Bunge Bioenergia no Brasil
27/11/2019 Verão de Soya tem novas maioneses e brinde exclusivo da marca
21/10/2019 Gradina tem participação especial no Mesa São Paulo 2019 e Chefs da Academia Bunge apresentam tendências da confeitaria e panificação
16/10/2019 Soya lança sua nova linha de maioneses e apresenta novo posicionamento
27/09/2019 Salada, a 1ª marca de óleo vegetal do Brasil, comemora 90 anos com novas embalagens
Veja mais notícias...