Bunge e TerraVia lançam AlgaPrime™ DHA para o Mercado de Ingredientes para Rações Especiais

Anúncio inclui um acordo de fornecimento com líder global em aquicultura para atender a uma demanda crescente por fontes sustentáveis de Omega-3

São Paulo, 4 de maio de 2016 - TerraVia, Inc., previamente Solazyme, (NASDAQ: SZYM) (“TerraVia”) e Bunge Limited (NYSE: BG) (“Bunge”) anunciaram hoje que estão lançando DHA de microalgas nativas como ingrediente especial e sustentável para ração animal. O produto inicialmente prioriza o mercado de aquicultura, que usa aproximadamente $3 bilhões de dólares em ingredientes de omega-3. O DHA, ou ácido docosahexaenóico, é um ácido graxo omega-3 de cadeia longa, elemento critico na nutrição humana e animal para assegurar o crescimento e desenvolvimento saudável e sustentável.

 

O AlgaPrime™ DHA será produzido na planta da joint venture SB Produtos Renováveis, onde a produção em grande escala do ingrediente já foi realizada no final de 2015.  Os parceiros da joint venture serão distribuidores exclusivos do AlgaPrime™ DHA. O envio de amostras para produtores mundiais de ração para peixes já tem ocorrido ao longo dos últimos meses. 

 

TerraVia e Bunge também anunciaram que chegaram a um acordo comercial de fornecimento com um dos maiores fornecedores de rações para aquicultura. Os termos do acordo não foram revelados. Sob o acordo de fornecimento, o AlgaPrime™ DHA deve começar a ser incorporado nas rações de peixe para salmonídeos entre julho e agosto desse ano.

 

“Estamos animados em poder ampliar nossa experiência nas indústrias de ingredientes alimentícios e ração animal, trazendo ao mercado uma fonte de DHA inovadora, sustentável e de valor agregado a um custo, qualidade e escala que a indústria de aquicultura necessita", disse Soren Schroder, CEO da Bunge Limited.

 

“AlgaPrime™ DHA é o primeiro e principal produto da nossa JV expandida com a Bunge. O produto pode ser decisivo para manter nossos oceanos sadios, já que oferece uma fonte de omega-3 de base não-marinha e ajuda a solucionar um desafio global. O ingrediente é uma fonte muito mais sustentável de DHA, além de melhorar os valores nutricionais dos frutos do mar que alimentam nossas famílias”, disse o CEO da TerraVia, Jonathan Wolfson.

 

Omegas 3 de cadeia longa, como DHA e EPA (ácido eicosapentaenóico) são insumos críticos extensivamente usados na aquicultura, com óleo e farinha de peixe como suas principais fontes. A aquicultura é um dos sistemas de produção alimentar que mais rapidamente crescem no mundo. Estima-se que esse mercado possa chegar a $200 bilhões de dólares semestralmente até 2020 e o fornecimento global de fontes tradicionais do produto, como o óleo e a farinha de peixe, estão sob forte e crescente pressão, relacionada à pesca excessiva, quotas e aumento do consumo para nutrições humana e animal.

 

O AlgaPrime™ DHA é uma nova fonte sustentável e eficiente de DHA, que representa uma solução para a crescente demanda global, sem pôr em risco os estoques de peixe. Cerca de 1 milhão de toneladas de óleo de peixe rico em omega-3 é produzido anualmente para a aquicultura, ração animal e alimentação humana. Para atender a essa necessidade, grandes quantidades de peixes selvagens são capturados e processados atualmente para extrair o óleo. A procura por ômega-3 está aumentando consideravelmente, mas a disponibilidade do produto advinda da captura de peixes selvagens, não. As microalgas servem de alimento para os peixes selvagens e são sua principal fonte de DHA, por isso o AlgaPrime™ DHA é um alimento muito melhor para a aquicultura.

 

“A aquicultura tem um papel cada vez mais importante no sistema alimentar mundial. Para atender ao contínuo crescimento da procura por óleo e farinha de peixe, são necessárias alternativas sustentáveis ", diz Piers Hart, Diretor de Políticas para Aquicultura na WWF-UK. “Estamos ansiosos para que fontes sustentáveis de omegas-3 cheguem ao mercado em escala e reduzam a pressão sobre os recursos marinhos, já escassos. O rendimento alto e a baixa pegada de carbono dos óleos de microalgas produzidos na unidade da Solazyme Bunge no Brasil, os tornam uma fonte realmente sustentável de nutrição para peixes.”

 

A planta de produção da SB incorpora os princípios da produção sustentável, resultando em produtos à base de microalgas com baixo impacto do uso de água, uso de terra e baixa emissão de carbono, o que é possível, em partes, graças ao uso da cana de açúcar certificada Bonsucro® como matéria-prima. Os sócios da joint venture estão em processo para obter a certificação no padrão da Cadeia de Custódia. Bonsucro® é uma organização multi-stakeholder que estabelece normas para a produção sustentável de açúcar e produtos derivados em cada elo da cadeia de abastecimento, incluindo cultivo, processamento e transporte. Além disso, os resíduos de cana de açúcar (bagaço) são uma fonte energética eficiente e renovável, usada  para gerar eletricidade e vapor necessários para prover energia à usina de açúcar e à planta da SB, assim como eletricidade para uso geral.

 

Para mais informações, entre em contato conosco pelo contact@AlgaPrime.com.

 

Sobre TerraVia

TerraVia™ (antes Solazyme®) é a empresa de alimentos da próxima geração, nutrição e ingredientes especiais que aproveita o poder das microalgas, a mãe de todas as plantas e superalimento original de Terra. Com um portfólio de ingredientes inovadores e produção, a empresa está bem posicionada para ajudar os fabricantes de alimentos e consumidores a atender uma crescente demanda por produtos de consumo com melhor perfil nutricional, sem sacrificar sabor e textura. A empresa também fabrica uma gama de ingredientes especiais de cuidados pessoais para parceiros estratégicos chave. Com sede em South San Francisco, Estados Unidos, a missão da TerraVia é criar produtos que sejam verdadeiramente melhores para as pessoas e para o planeta.  Para mais informações, visite o site da TerraVia: www.terravia.com.

 

Sobre a Bunge

A Bunge Limited (www.bunge.com, NYSE: BG) é uma empresa global líder em agricultura e alimentos, atuando em mais de 40 países, com aproximadamente 35 mil funcionários. A Bunge vende, compra, armazena e transforma oleaginosas e grãos para atender seus clientes em âmbito mundial; processa oleaginosas para produzir farelo de proteína para ração animal e produtos de óleo comestível para clientes comerciais e consumidores; produz açúcar e etanol a partir de cana de açúcar; tritura trigo, milho e arroz para fazer ingredientes utilizados por empresas de alimentos; e vende fertilizantes na América do Sul. Fundada em 1818, a empresa está sediada em White Plains, Nova York.

 

Contato da Solazyme Bunge

Caroline Tafuri
Comunicação Corporativa
contato@solazymebunge.com

 

Contatos da Bunge Brasil

Aline Brandi
aline.brandi@inpresspni.com.br
(11) 3323 1519

Raissa Noronha

raissa.noronha@inpresspni.com.br
(11) 3330 3840

Camila Francis

camila.francis@inpresspni.com.br
(11) 3323 1533




DataNotícia
02/12/2019 BP e Bunge concluem a formação da joint venture BP Bunge Bioenergia no Brasil
27/11/2019 Verão de Soya tem novas maioneses e brinde exclusivo da marca
21/10/2019 Gradina tem participação especial no Mesa São Paulo 2019 e Chefs da Academia Bunge apresentam tendências da confeitaria e panificação
16/10/2019 Soya lança sua nova linha de maioneses e apresenta novo posicionamento
27/09/2019 Salada, a 1ª marca de óleo vegetal do Brasil, comemora 90 anos com novas embalagens
Veja mais notícias...