Share |

Biodiversidade

 

EN11Unidades produtivas adjacentes a áreas protegidas

 

Localização
Atividade
Tamanho
Impacto
Situação
Araxá (MG) Escritório, fabricação de fertilizantes e extração de minério
36 km²
Mudança no relevo em decorrência de extração de minério, rebaixamento do lençol freático, ruído e geração de poeira em suspensão Adjacente à Mata da Cascatinha, Reserva Legal de 119 ha cuja recuperação é considerada prioritária
Guará (SP) -
-
- Em cumprimento ao Termo de Compromisso de Ajuste de Conduta (TAC) assinado com o Ministério Público em dezembro de 2007, foi feita a recuperação de Áreas de Preservação Permanente com o plantio de 21 espécies de árvores nativas em três propriedades rurais, totalizando 5,154 hectares
Cajati (SP) Extração de minério de fosfato
4 km²
Mudança no relevo em decorrência de extração de minério, rebaixamento do lençol freático, ruído e geração de poeira em suspensão Não existem unidades operacionais em áreas protegidas ou ricas em biodiversidade. Todas as unidades se encontram em áreas nas quais não se agridem hábitats de espécies nem a biodiversidade 
Varginha (MG) Mistura de fertilizantes
0,04 km²
Carreamento dos efluentes pluviais para a APP, o que foi reduzido após a instalação de coberturas nos boxes de armazenamento externo de matérias-primas. Esse impacto é considerado reversível Adjacente à Área de Preservação Permanente (APP) que margeia o Ribeirão Santana
Rio Grande (RS) Produção e mistura de fertilizantes
0,17 km²
Poluição atmosférica e hídrica por meio do lançamento de efluentes e da emissão de gases. Esse impacto é considerado reversível, uma vez que não causa grandes danos à fauna e à flora A unidade industrial da Bunge, assim como as de outras indústrias, está localizada dentro da APP do Saco da Mangueira

EN12Impactos significativos na biodiversidade decorrentes de atividades

Nenhuma nova área de operação industrial ocorreu em 2009 no escopo da cadeia da soja. Nos ambientes operacionais, a área historicamente antropizada e os controles operacionais existentes conferem às operações da área de Alimentos um desempenho de baixo impacto ambiental. É possível concluir, sob esse aspecto, que a alteração nos ambientes é praticamente nula.

Localização Atividade Impactos Situação
Plantas industriais e seus limites, nos estados de SP, PR,
RS, SC, MT, MS, PI e BA
Produção de alimentos Alteração da qualidade dos ambientes
(introdução de substâncias que não existem naturalmente no hábitat).
Introdução de espécies invasoras e outros organismos e possíveis mudanças em processos ecológicos
As unidades industriais de Alimentos possuem controles operacionais que propiciam a redução dos impactos ambientais decorrentes de suas atividades. Seus processos são mapeados e, para cada um deles, é estabelecido o mecanismo de gestão ambiental adequado.
Sistemas de tratamento e controles de emissões buscam garantir a conformidade legal e a manutenção da qualidade dos ambientes

EN13Hábitats protegidos ou restaurados

 

Alimentos
Área/projeto Tamanho (ha) Localização Situação Parcerias
Restauração ambiental • Área total de terras – 6.120 ha
• Áreas altamente impactadas – 300 ha
• Áreas cultivadas – 2.320 ha (reflorestamento)
• Áreas preservadas –
3.500 ha (vegetação nativa, APP, Reserva Legal)
Cajati (SP) Dadas as características da mineração e, em especial, as da mina de Cajati, toda a área da cava, as áreas de deposição de estéril, as barragens e as áreas de deposição de rejeitos são fortemente impactadas e alteradas, não sendo possível nem viável restaurar as condições naturais do hábitat Não há
Depósitos de estéril e
Anel Verde
50 hectares Araxá (MG) Foram plantadas aproximadamente 3.750 mudas de plantas nativas do cerrado, 1.800 mudas de eucalipto e 2.100 de sansão do campo, nos depósitos de estéril e na área da cava da mina, com o objetivo de dar continuidade ao processo de revegetação dessas áreas e promover, ainda, o adensamento da cortina vegetal Não há

Obs. O escopo do indicador corresponde às operações em Agribusiness e Food & Ingredients – Operações fabris em crushing e edible oils

Fertilizantes
Área/projeto Tamanho (hectares) Localização Situação Parcerias Informação adicional
Mata da Cascatinha
118,49
Área de Reserva Legal situada na região na qual está localizada a Mata da Cascatinha Área protegida classificada como Reserva Legal, está inserida no bioma Cerrado Não há Plantio de 3.235 mudas em jardins internos e na Avenida ArafértilPlantio de 500 mudas para arborização urbanaDoação de 2.500 mudas para funcionários, parceiros e comunidade
Reflorestamento eucalipto
750
- Área cultivada  
Depósitos de estéril e área da cava da mina
158,73
Depósitos: Morro Oficina, Depósito da Cava, Morro Oficina SW, Pão de Açúcar e Auto Paulista Foi realizada hidrossemeadura em 78.000 m².
Está em continuidade o processo de revegetação dessas áreas, além do adensamento da cortina vegetal
 
Recuperação de Áreas de Preservação Permanente
5,154
Guará (SP) Atendendo à cláusula 12 do Termo de Acordo e Compromisso (TAC) firmado com o Ministério Público em dezembro de 2007, que indicou as áreas de APP para serem recuperadas com compensação ambiental, foi plantado um conjunto de 21 espécies florestais nativas de diferentes classificações ecológicas quanto ao estágio de sucessão, divididas entre pioneiras, secundárias e clímax, tendo o cuidado de incluir espécies frutíferas para propiciar o fornecimento de alimento à fauna local Com proprietários de terras que cederam áreas para plantio A área compreende três propriedades localizadas na zona rural do município de Guará e, conforme determinado pelo Ministério Público, foi feita a recuperação dessas áreas. Será realizado o monitoramento durante todo o período de formação e maturação da floresta. Conforme acordado no TAC, ainda há uma área de 94,846 ha, previsto para 2010, se o Ministério Público indicar as áreas