investimento
Social Privado

O investimento social privado da Bunge Brasil chegou à
marca de R$ 5,6  milhões em 2011 em projetos de desenvolvimento sustentável, educação, conscientização ambiental e memória corporativa

Com os princípios e a gestão focados na sustentabilidade, a Bunge Brasil desenvolve ações para a comunidade afim de colaborar com o crescimento das regiões onde opera, pois além dos resultados econômicos, é necessário firmar parcerias, dar oportunidades e alavancar a educação. O desenvolvimento sustentável exige planejamento de longo prazo e a conscientização da sociedade de que os recursos naturais não são inesgotáveis e de que as decisões que podem afetar a coletividade devem ser tomadas de forma ampla e participativa. SO1

Fundação Bunge SO1

DOAÇÕES REALIZADAS PELAS
MANTENEDORAS DA FUNDAÇÃO BUNGE (R$)


A empresa opera nas localidades por meio da Fundação Bunge (FB), que em 2011 promoveu investimentos em programas e projetos voltados ao desenvolvimento das comunidades onde há unidades da Bunge, ao incentivo a excelência, ao conhecimento sustentável e à preservação da memória. O foco das ações é a educação para a promoção das pessoas, da comunidade e do conhecimento científico. SO1

Assim, em 2011, o investimento total da Fundação Bunge em programas e projetos totalizou R$ 7,4 milhões, 25% superior em relação ao ano anterior. As doações promovidas pelas mantenedoras (Bunge Alimentos, Bunge Fertilizantes, Fertimport, Pedro Afonso Açúcar & Bioenergia e Bunge Philanthropic Foundation) atingiram R$ 5,2 milhões. A diferença entre o orçamento da Fundação Bunge e os recursos repassados pelas empresas vem da receita própria da Fundação, principalmente do aluguel de imóveis (andares do Centro Empresarial).

Por projeto, a Fundação investiu em 2011:

Investimentos em Projetos Fundação Bunge (em R$)      
  2009 2010 2011
Comunidade Educativa 2.232.184,04 1.570.232,56 2.923.935,56
Prêmio Fundação Bunge 987.750,58 993.599,58 916.443,58
Centro de Memória Bunge 684.377,37 438.632,98  472.293,44
Projeto Conhecer para Sustentar 748.878,88 537.348,85 71.985,84
Prêmio Professores do Brasil 112.426,44 - -
ReciCriar – A Pedagogia do Possível 13.369,26 - -
Comunidade Integrada (Projeto Açúcar & Bioenergia ) 11.703,20 603.941,87 861.943,56
Despesas administrativas/financeiras/comunicações 2.499.552,70 1.807.793,34 2.180.596,18
Total 7.290.242,47 5.951.549,18 7.427.198,16

As ações da Fundação Bunge possuem três pilares de atuação, denominados "continentes", onde os projetos são desenvolvidos. Conheça cada um deles.

Pilar Socioambiental Pilar Preservação da Memória Pilar Incentivo à Excelência e ao Conhecimento Sustentável

Investimentos sociais diretos

O investimento social privado da Bunge Brasil chegou à marca de R$ 5,6 milhões em 2011. Além do aporte à Fundação, entre as principais ações, destacam-se:

Pomar Urbano

Em setembro ocorreu o lançamento do livro "Pomar Urbano, uma história de sucesso", sobre o projeto Pomar Urbano, iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo em parceria com a Bunge e mais 23 empresas. O evento contou também com a inauguração do novo site do projeto (http://www.ambiente.sp.gov.br/wp/pomar/) e da exposição permanente sobre o projeto e a realização do seminário "Rio Pinheiros: o futuro passado a limpo".

Com investimentos anuais de R$ 96 mil desde 1999, o Pomar Urbano já recuperou 26 quilômetros nas duas margens do Rio Pinheiros, em São Paulo, com o plantio de milhares de mudas de árvores e arbustos e a instalação de uma estação de tratamento de água que permite recuperar a água do rio para ser utilizada na irrigação das mudas.

Bunge Natureza

Lançado em 2005 na unidade de Gaspar (Alimentos & Ingredientes), o programa Bunge Natureza já recuperou em torno de 500 mil metros quadrados de áreas degradadas. Em 2011, o programa foi expandido, e a administração transferida para a área corporativa de Sustentabilidade, tendo como novo foco o suporte às necessidades da empresa.

Isso contribui para que os colaboradores estejam engajados na melhoria contínua da gestão ambiental e que tenham melhores condições de interagir com as comunidades do entorno de todas as unidades da área de negócios.

Para controlar os impactos que as atividades da Bunge podem causar nas comunidades em que opera, o programa promoveu, em 2011, um diagnóstico das unidades produtivas da Bunge, fazendo uma análise das variáveis críticas identificadas em cada local.

Buscou-se organizar as demandas socioambientais nas unidades, como os impactos ambientais gerados localmente e que resultam em questionamentos por parte das comunidades. A partir daí, é formulado um plano para a redução dos impactos levantados, elaborado de forma construtiva e colaborativa.

O programa aplicou ao longo de 2011 análises sobre diversas unidades no Brasil, buscando diagnosticar as externalidades existentes das operações da empresa sobre as comunidades onde opera.

  28 mil m2 de
áreas recuperadas
     
  Mais de 43 mil sementes
nativas da Mata Atlântica coletadas
     
  38 mil mudas produzidas
     
  1.478 pessoas entre alunos, professores e comunidade participantes em atividades de educação ambiental

Bunge Natureza

2011

28 mil m2 de áreas recuperadas
Mais de 43 mil sementes nativas da Mata Atlântica coletadas
38 mil mudas produzidas
1.478 pessoas entre alunos, professores e comunidades participantes em atividades de educação ambiental

O Bunge Natureza concentra outros programas e estruturas direcionados à promoção da educação, à recuperação ambiental, à produção de mudas e à restauração e conservação de mata ribeirinha. Conheça-os a seguir:

CDAL

O Programa Bunge Natureza mantém dois Centros de Divulgação Ambiental e Lazer (CDAL), um em Gaspar (SC) e outro em Jaguaré (SP). Eles estão localizados próximos a duas unidades da empresa e mantêm projetos socioambientais para a comunidade, os estudantes, os parceiros, os colaboradores e os familiares.

Em Jaguaré (SP), o programa promove o cultivo de hortas comunitárias e hidroponia, além do projeto Fazendo Educação Ambiental Através das Artes. Iniciado em 2008, busca despertar a consciência ambiental e sensibilizar, educar e promover o interesse às questões ambientais. Colaboradores da Bunge e seus familiares, parceiros, família e comunidade do entorno da unidade participam de aulas de educação ambiental, música, cultivo, artesanato, piscicultura, dança, artes cênicas e atividades esportivas.

Em Gaspar (SC), o programa tem como linhas de atuação Pesquisa, Recuperação, Conservação e Educação Ambiental. Realizado pela parceria entre a Bunge e a Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB), recebeu reconhecimento por seus relevantes serviços à comunidade.

Programa de Recuperação Ambiental

O Programa de Recuperação Ambiental (PRA), resultado da parceria técnica e científica entre a Bunge Alimentos e a Universidade Regional de Blumenau (FURB), mapeia, pesquisa e recupera os ambientes aluviais da região, além de divulgar métodos e resultados científicos obtidos com esse trabalho. Implantado em 2005, sob a chancela do Bunge Natureza, o PRA é a continuidade de um diagnóstico realizado em 2001 pela universidade e pela Embrapa/PR sobre as condições da mata ciliar do rio Itajaí-Açu. O relatório inicial apontou quais eram as espécies de vegetais existentes na região, de tal forma que fossem identificadas aquelas a serem reintroduzidas nas áreas degradadas. Esse primeiro levantamento deu origem a uma lista de espécies vegetais para o plantio.

Atualmente a iniciativa dedica-se à produção de mudas nativa e à restauração e à conservação das matas ciliares na bacia do rio Itajaí. As atividades voltadas à recuperação ambiental envolvem desde a coleta de sementes e a produção de mudas de árvores nativas até o plantio para restauração da faixa de floresta ciliar. Desde 2005 a área em processo de recuperação ambiental atingiu o total de 807.213 m², sendo 136.530 m² em 2011.

Programa de Recuperação Ambiental (PRA)
Ano Área em processo de recuperação ambiental (m2) Área em pesquisa de recuperação ambiental (m2) Sementes coletadas Mudas produzidas Mudas plantadas Mudas doadas Parceiros Municípios abragidos (Novos)
2005 14.000 0 101.696 32.737 2.465 0 1 1
2006 33.325 12.225 572.539 25.813 10.949 18.563 9 2
2007 45.596 15.300 424.741 35.837 7.663 3.626 12 2
2008 150.009 4.500 60.479 37.277 21.697 2.315 112 11
2009 224.813 0 60.208 44.380 22.290 5.044 56 6
2010 202.940 6.000 33.118 19.227 30.295 6.106 45 3
2011 136.530 500 43.750 38.511 16.720 2.208 120 49
Total acumulado 807.213 38.525 1.296.531 233.782 112.079 37.862 355 2

Em 2011 esse programa do CDAL atendeu 1.478 pessoas, entre alunos, professores e comunidade em geral, apoiou 7 projetos escolares e orientou em questões socioambientais 26 instituições. Além disso, desenvolveu 27 ações com colaboradores e parceiros, envolvendo 1.712 pessoas.

Figueira Branca

Já a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Figueira Branca, exemplo de ação de preservação ambiental da Bunge, recebeu em 2011 o total de 170 visitantes. Também localizada em Gaspar (SC), ocupa aproximadamente 300 hectares e é mantida pela Bunge como legado de biodiversidade às gerações futuras.

Espaço lúdico de sensibilização para as questões ambientais, a Figueira Branca atrai visitas de escolas da cidade e de municípios próximos, além da comunidade da região, que vai à reserva conferir a riqueza da Mata Atlântica. A reserva é também uma fonte de coleta de sementes para o viveiro de mudas do CDAL, que abastecem o Programa de Recuperação Ambiental (PRA) da Bunge.

A empresa possui ainda duas outras reservas ambientais que representam juntas uma área de conservação de 30 mil hectares (30 milhões de metros quadrados) no Estado do Tocantins (TO). Nessas áreas de preservação, a companhia promove o manejo sustentável.

Em 2012, o programa o procurará ampliar ainda mais a integração entre as soluções apontadas pelas unidades, aproximando-as pela compreensão da totalidade das externalidades ambientais.

Planeta Sustentável

A Bunge é uma das patrocinadoras do movimento "Planeta Sustentável", organizado pela Editora Abril e que conta com 5 outros patrocinadores. A Bunge está presente desde o começo da iniciativa e há cinco anos propaga o conhecimento sobre sustentabilidade. Em 2011 foram feitos 3 seminários abordando assuntos da COP17 e da Rio+20 e foram publicados 5 materiais especiais (Manual de Etiqueta Sustentável – 3.0; "O futuro da amazônia" – National Geographic; Guia Exame de Sustentabilidade; Guia da COP17 – Mudanças Climáticas e Desafios Mundiais; e Guia Exclusivo Amazônia – Novas ideias para o futuro da floresta). Por ano, as 45 marcas da editora que participam do movimento produzem mais de 1.000 páginas sobre o tema sustentabilidade em suas pautas editoriais. Entre os principais eventos está o "Planeta no Parque", que mescla informação e entretenimento para toda a família. Neste ano ele ocorreu no Parque do Ibirapuera em São Paulo e teve cerca de 20 mil visitantes. O tema escolhido foi "A Floresta Invade a Cidade", abrindo as ações do Ano Internacional das Florestas declarado pela ONU. A Bunge promoveu as ações sobre Produção e Cuidado com Mudas, mostrando como prevenir enchentes e desmoronamentos, além de disseminar a reciclagem de garrafas pet para usos como utensílios de interesse domésticos.

A Bunge apoia e propaga o conceito de "Pegada Socioecológica" e sensibiliza os colaboradores com o Programa "Colaborador Sustentável"

Programas Corporativos Consumo consciente ↑ topo
BUSCA
Compromisso com o Brasil. Do campo à mesa.
Ícones Sustentabilidade
Representam as dimensões Social,
Ambiental e Econômica das ações
e projetos da Companhia no País.
Saiba mais sobre a Plataforma de
Sustentabilidade Bunge Brasil em
www.bunge.com.br/sustentabilidade.
A Plataforma de
Sustentabilidade é um
esforço global da Bunge
para que o desempenho
nos negócios seja
aprimorado em quatro
frentes principais
Agricultura Sustentável A Bunge está empenhada em sensibilizar e capacitar os produtores rurais para que produzam de modo a diminuir os impactos ambientais e maximizem a eficiência no uso dos recursos naturais finitos.
A Plataforma de
Sustentabilidade é um
esforço global da Bunge
para que o desempenho
nos negócios seja
aprimorado em quatro
frentes principais
Mudanças Climáticas Podem trazer impactos significativos para
a produção de alimentos em todo o
Mundo. Por isso, a Bunge considera
esse um fator-chave para as análises
em Sustentabilidade.
A Plataforma de
Sustentabilidade é um
esforço global da Bunge
para que o desempenho
nos negócios seja
aprimorado em quatro
frentes principais
Dietas Saudáveis Oferta de produtos alimentícios seguros e benéficos à saúde. A Bunge trabalha para identificar as necessidades dos clientes e consumidores e disponibilizar alimentos cada vez melhores no mercado.
A Plataforma de
Sustentabilidade é um
esforço global da Bunge
para que o desempenho
nos negócios seja
aprimorado em quatro
frentes principais
Redução de Resíduos Desenvolvimento de mecanismos e processos para a redução nos processos industriais e ampliação do uso racional da água e outros recursos não renováveis no gerenciamento da eficiência operacional.