Satisfação de clientes

Para verificar o nível de satisfação dos clientes, a Bunge promove pesquisas sobre suas atividades na área de Alimentos & Ingredientes, desde a originação da matéria-prima até os produtos finais. As pesquisas são fundamentais para que a Bunge promova melhorias de forma contínua nas linhas de produtos. A empresa adota a metodologia Net Promoter Score (NPS) para aferir a satisfação dos públicos externo e interno em relação ao atendimento de demandas. Os resultados são utilizados para orientar melhorias. Em alguns departamentos, a obtenção de bons resultados na pesquisa NPS faz parte das metas de desempenho. Em Food Service, por exemplo, a pesquisa focou a divisão de Trigo, sendo observada uma evolução do índice de 51%, em 2014, para 57%, em 2015. O principal motivo para a insatisfação dos clientes foi a política de preços (18%) e o principal motivo de promoção foi Marca e Relacionamento (79%). Essa pesquisa é realizada pelo SABE (Serviço de Atendimento Bunge Especialistas), vinculado à Academia Bunge.

G4-PR5

Em 2015, a empresa não registrou casos de não conformidade com leis e códigos voluntários relacionados a comunicações de marketing. Entretanto, foram computadas 132 autuações de não conformidade com leis e regulamentos relativos ao fornecimento de produtos (diferenças no conteúdo líquido de produtos) que geraram, aproximadamente, R$ 1,2 milhão em multas no período.

G4-PR7  G4-PR9

TOPO